A nova safra de delações

Um segundo tempo de delações é esperado. A perspectiva de depoimentos de Leo Pinheiro (OAS), Antonio Palocci (ex-ministro) e Eduardo Cunha (ex-presidente da Câmara), assombram o ex-presidente Lula

A nova safra de delações

EDUARDO CUNHA NAVIOS SONDA O ex-deputado Eduardo Cunha pode detalhar o que fez com os US$ 5 milhões que ganhou na compra de navios-sonda pela Petrobras; LÉO PINHEIRO TRÍPLEX NO GUARUJÁ Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, pode contar como foi o negócio que fez com Lula no caso do triplex do Guarujá; OTÁVIO MARQUES DE AZEVEDO O RECALL DA ANDRADE O ex-presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Marques de Azevedo, pode explicar como foram as propinas de obras no Rodoanel; ANTONIO PALOCCI O CAIXA O ex-ministro Antonio Palocci pode falar sobre a contabilidade do dinheiro que recebia da Odebrecht e repassava para o PT e especialmente para Lula.

O Supremo Tribunal Federal (STF) já está se preparando para receber uma nova leva de delações premiadas. O ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, o ex-ministro Antonio Palocci, e o ex-deputado Eduardo Cunha devem fazer delações e apavoram o ex-presidente Lula, que já é réu em cinco ações penais. Léo Pinheiro deve dar mais detalhes de como financiou bens privados de Lula, como o triplex do Guarujá. Já o ex-ministro Palocci deve contar sobre como ajudou a transferir para o ex-presidente dinheiro de propina que lhe foi repassado pela Odebrecht.

O ex-deputado Eduardo Cunha também assusta Lula, porque foi durante o governo petista que ele atuou em negócios com a Petrobras que lhe renderam milhões de reais em propinas, como na compra na Coréia de navios-sondas da Samsung. Nesses negócios, em 2008, Cunha ganhou mais de US$ 5 milhões em propinas, que acabaram depositadas na Suíça. Mas Cunha pode encrencar também seus amigos do PMDB, sobretudo ministros do governo Michel Temer, como o Moreira Franco (da secretaria de privatizações) e Eliseu Padilha (Casa Civil).

Além dessas explosivas delações, há também o recall que a delação dos 77 executivos da Odebrecht deve provocar. Juízes da equipe do ministro do STF, Teori Zawascki, que analisam os depoimentos de executivos da Odebrecht, constataram que será necessário que alguns delatores de outras empreiteiras, como da Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa, voltem a prestar novos depoimentos, para esclarecer fatos que vieram à público agora. Houve executivo que mentiu ou omitiu coisas agora reveladas pela Odebrecht.

OMISSÕES

Com a assinatura do acordo de delação premiada da Odebrecht e sua provável homologação pelo STF após a volta do recesso do Judiciário, os investigadores da Lava Jato vão se deparar com uma demanda reprimida de antigas e novas delações. No primeiro caso, delatores que não revelaram tudo que sabiam vão ter que prestar novos esclarecimentos sobre fatos omitidos em seus depoimentos e que podem lhe render problemas perante a Justiça. Em tese, essa omissão poderia significar o rompimento da delação, provocando a perda dos benefícios do acordo. Além desses, novos colaboradores em negociação com o Ministério Público Federal devem ajudar a desvendar as peças do quebra-cabeças de corrupção sistêmica que se apossou da Petrobras e outros órgãos públicos durante a gestão petista.

A expectativa dentro da Lava Jato é que executivos de duas empreiteiras, a Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa, façam os chamados “recall” em suas delações, porque os investigadores descobriram indícios de crimes que seus executivos não haviam contado anteriormente. Isso aconteceu principalmente por meio de novas delações premiadas. No caso da Andrade, o ex-presidente da empresa, Otávio Marques de Azevedo, deve prestar novo depoimento. Os procuradores querem saber detalhes de irregularidades em obras da gestão tucana de Minas Gerais, enquanto a Camargo deve contar fatos relacionados à construção do Rodoanel em São Paulo. Esses depoimentos ainda estão sob negociação com os procuradores, que querem uma justificativa factível para a omissão desses fatos, para definir se romperão os acordos ou se podem mantê-los.

SEGUNDA ONDA O ministro do STF, Teori Zawascki, comanda em fevereiro nova fase de delações que assombram os políticos
SEGUNDA ONDA O ministro do STF, Teori Zawascki, comanda em fevereiro nova fase de delações que assombram os políticos

Também o ex-senador Delcídio do Amaral (ex-PT-MS), que foi preso pela Lava Jato em novembro de 2015 e pouco tempo depois assinou uma delação, deve ser colocado contra a parede para esclarecer fatos que não revelou. Isso porque a delação da Odebrecht trouxe a público relatos de pagamentos de propina a Delcídio em troca da obtenção de sua ajuda na aprovação de medidas no Congresso Nacional que eram de interesse da empreiteira. Nada disso havia sido contado por Delcídio em sua delação, o que pode complicar a sua situação, já que o ex-senador só deixou a prisão depois de ter assinado o acordo. Hoje, ele vive uma espécie de retiro em sua fazenda, no interior do Mato Grosso do Sul.

Aguirre Talento/Isto é

EM VÁRIOS PONTOS DE SÃO LUÍS > Pesquisa aponta variação de preços de até 600%

Farofa, vinagrete e batata frita são os que mais variam de preço.

A pesquisa foi divulgada na noite da sexta-feira (13).
A pesquisa foi divulgada na noite da sexta-feira (13). – Foto: Flora Dolores/O Estado

SÃO LUÍS – Férias e praias limpas parecem a combinação perfeita, não é mesmo? Mas nem sempre as contas de início de ano permitem que a gente aproveite tudo, por isso é importante colocar os gastos na ponta do lápis. O Procon/MA realizou uma pesquisa de preços de pratos e bebidas nos estabelecimentos das praias do Meio, do Olho d’Água e Litorânea, em São Luís. O preço das porções de farofa e de vinagrete ficaram empatados com a maior variação: 600%.

Para conferir a pesquisa completa, basta clicar aqui.

A pesquisa foi realizada com 52 bares e restaurantes dispostos nos famosos quiosques da Avenida Litorânea, entre os dias 1 e 7 de janeiro. As porções de farofa e de vinagrete saíram na frente no ranking da variação de preços. Outros 32 itens, entre bebidas e porções de alimentos, foram pesquisados também. Apesar da alta variação, é preciso levar em conta que a quantidade de farofa e vinagrete varia de um estabelecimento a outro.

De acordo com os dados levantados na pesquisa, o segundo item de maior variação foi a porção de batata frita, que varia de R$ 8 a R$ 32, uma diferença de 300%. Na sequência vem a porção da casquinha de caranguejo, que alcançou uma variação de 299,8%, a preços entre R$ 8 e R$ 31,99. Já a porção de arroz de marisco chegou a 287,50%, a preços entre R$ 8 e R$ 31.

Outros itens tradicionais da culinária maranhense também apresentaram uma diferença significativa de valores. Com preços a partir de R$ 35, a camaroada chega a custar R$ 126,50, atingindo 261,43% de variação. O tradicionalíssimo arroz de cuxá marcou 200%, sendo encontrado entre R$ 6 e R$ 18. Já a caranguejada variou menos: 120,56%, entre R$ 34 e R$ 74,99.

I Mirante

Caxias: É preciso cooperar com a Campanha do banco de leite da Maternidade Carmosina Coutinho

Que todas as mães que possui leite suficiente para manter o seu filho e tem um percentual a mais se engaje nessa Campanha e, assim, salve uma vida.

Por isso, Entre de peito na solidariedade e Doe leite, doe vida, indo até ao banco de leite da Maternidade Carmosina Coutinho.

Por outro lado, a Prefeitura de Caxias divulgará, amanhã, sua nova identidade visual para a gestão Fábio Gentil (PRB).

A referida logomarca foi escolhida em reunião com todo o secretariado de Fábio Gentil, que mostrou que as tomadas de decisão em sua gestão sempre serão em conjunto.

“A marca é de fácil aplicabilidade e barateia os custos com suas aplicações como frota, papelaria, uniformes dentre outros artigos que a gestão utilizará”, afirmou Augusto Neto, assessor de comunicação da Prefeitura de Caxias.

Por Caio Hostilio

Choperia Marcelo desmente boatos e provará que acusações são infundadas

Imagem relacionada

A Choperia Marcelo foi criada dia 03 de maio de 1989, já estando 28 anos proporcionando para todos os seus clientes boas musicas, seguranças, conforto e cerveja gelada.

Em todos esses anos a casa conquistou grandes parceria. Temos uma banda sensacional Grupo Digital com boa música tocando toda Quarta à Domingo na Choperia Marcelo.Tudo isto sem registrar nenhuma confusão, uma casa que sempre cumpriu a lei pagando seus impostos, gerando renda, empregos e respeitando a lei do silêncio, destaca Jânio Maciel um dos proprietário da casa.

Fizemos grandes shows com grandes artistas do Brasil todo como Pablo do Arrocha, Léo Magalhães, Silvanno Salles, Zezo Dos teclados, Amado Batista, Roberta Miranda  e muito mais.

Hoje a casa foi surpreendida pela policia por denuncia anônima de que teria armas em suas dependências, o blog foi informado que essas armas são para fazer a segurança da casa, quando a mesma se encontra fechada devido o grande número de assaltos que vem sendo praticados em nossa cidade.

O proprietário Jânio Maciel, informou que durante seus 28 anos de funcionamento nunca houve incidente envolvendo a choperia Marcelo com relação a sua segurança, ou quaisquer outro tipo.

Que a população do Maranhão é sabedora que a Choperia Marcelo, não pratica nenhum tipo de ilícito e que seus frequentadores são pessoas de bem. Finalizando o proprietário senhor Jânio Maciel nos relatou que provará que essas acusações são infundadas, e que sua casa manterá de forma honrosa o respeito que sempre recebeu da população ludovicense.

Mulher de Moro defenderá marido em processo movido por Lula

Advogada, Rosângela Moro vai defender o marido por medidas tomadas na Lava-Jato

© Reprodução / Facebook

O juiz Sérgio Moro chamou sua mulher, Rosângela Maria Wolff de Quadros Moro, para defendê-lo em uma ação movida em dezembro pelo ex-presidente Lula por abuso de autoridade.

Segundo o Globo, além de atuar como advogada na defesa de entidades sociais, Rosângela administra perfis nas redes sociais para divulgar o trabalho do marido. No Facebook, ela abastece o conteúdo da página “Eu Moro com ele”, onde publica fotos e vídeos do cotidiano de Sérgio Moro, nega boatos e compartilha notícias sobre a atuação do marido na Lava-Jato.

Moro vai responder por ações realizadas durante a Lava-Jato. Entre as acusações, os advogados do ex-presidente citaram a interceptação de chamadas telefônicas de Lula e a divulgação das conversas realizadas durante as ligações.

Caso o desembargador do processo, Sebastião Ogê Muniz, aceite a ação, Moro será réu e Rosângela vai atuar na defesa do marido. A pena exigida pelos advogados de Lula pode variar de dez dias a seis meses de prisão.

Noticias ao Minuto

 

Brecha de segurança permite ler mensagens codificadas do Whatsapp

Vulnerabilidade descoberta por especialista está ativa e possibilita a governos espionarem pessoas, segundo reportagem do jornal britânico ‘The Guardian’

Uma brecha no Whatsapp permite que mensagens criptografadas possam ser interceptadas e lidas, abrindo espaço para que governos espionem pessoas. As informações são de reportagem do jornal britânico The Guardian. A vulnerabilidade foi descoberta em abril do ano passado pelo pesquisador em segurança da Universidade da Califórnia em Berkley Tobias Boelter, que comunicou o Facebook, dono do aplicativo. Mas a empresa não corrigiu o problema até agora.

O sistema usado no aplicativo funciona através de chaves de segurança que são trocadas de forma segura entre o emissor e o destinatário da mensagem. Assim, o celular codifica a mensagem usando essa chave, e só uma pessoa com a chave certa para consegue fazer a decodificação correta.

Boelter descobriu que é possível fazer com que o aplicativo reenvie as chaves de segurança usadas para trocar mensagem para usuários que estejam offline, sem que as partes envolvidas sejam obrigatoriamente notificadas sobre isso – exceção é o emissor, que receberia um aviso se marcar essa opção nas configurações. E, também, forçar o aplicativo do emissor codificar as mensagens não entregues usando essa nova chave.

Desse modo, o conteúdo poderia ser lido sem consentimento. “Se o Whatsapp for requisitado por uma agência governamental para revelar seus registros de mensagem, pode efetivamente garantir o acesso por causa da troca de chaves”, disse Boelter ao Guardian. Segundo ele, a falha poderia permitir o acesso a conversas inteiras, em vez de apenas uma mensagem específica. O pesquisador disse que o Facebook disse que esse era o “funcionamento esperado” do aplicativo após ter sido informado da brecha por ele, e que não faria mudanças.  Segundo o Guardian, a vulnerabilidade ainda existe.

O Whatsapp utiliza um sistema conhecido como criptografia ponto-a-ponto, que foi desenvolvido pela Open Whisper Systems. A vulnerabilidade estaria no aplicativo, e não na tecnologia em si. O Whatsapp é usado por cerca de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo.

O Facebook divulga que ninguém pode interceptar as mensagens do Whatsapp, nem mesmo a empresa ou seus funcionários. O Whatsapp disse, em nota ao jornal britânico que não fornece brechas de segurança para governos e lutaria contra qualquer requisição de governos para que criasse uma brecha de segurança propositalmente.

Veja.com

Jovem empresário morre após colisão frontal entre moto e carro, na BR-135

Segundo a PRF, condutor da pick up Corsa teria entrado na contramão.


Fábio Victor Araújo Costa era dono da academia Fitness Club.

BACABEIRA – O jovem, identificado como Fábio Victor Araújo Costa, morreu na manhã desta sexta-feira (13), em uma colisão frontal no KM 57 da BR-135, no povoado São Pedro, interior do Estado.

De acordo com informações preliminares da Polícia Rodoviária Federal (PRF-MA), Fábio se deslocava com um grupo de motociclistas, de São Luís para Teresina, quando o condutor de uma pick up Corsa, de placa CQO 9446, da Bacabeira, entrou na contramão da via e colidiu frontalmente com a moto da vítima.O motorista do carro fugiu do local. A polícia já faz buscas na região para realizar a prisão do condutor.


Pick up envolvida no acidente. Foto: Divulgação / PRF-MA.

 


Moto pilotada por Fábio Aráujo. Foto: Internauta / Via WhatsApp-99209-2383.

Ainda segundo informações da PRF, o acidente foi próximo a uma barreira eletrônica no povoado. O corpo de Fábio Araújo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em São Luís.

Fábio era dono da academia Fitness Club e filho da secretária Municipal de Turismo, Socorro Araújo. O jovem empresário era admirado por todos que o conheciam. Compromissado com o trabalho e muito dedicado à boa forma física. Tanto que vinha fazendo um caminho promissor como dono de uma rede de academias.

I Mirante

PGJ recebe novo presidente do TCE

 

FOTO REUNIÃO TCE

Novo presidente do TCE visitou procurador-geral de justiça

O procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, recebeu, na manhã desta terça-feira, 10, o novo presidente do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE), conselheiro José Ribamar Caldas Furtado, e o vice-presidente da corte de contas, Raimundo Nonato de Carvalho Lago Júnior. Também participou do encontro o promotor de justiça Justino da Silva Guimarães, chefe da Assessoria Especial da PGJ.

Caldas Furtado foi eleito por unanimidade, em 14 de dezembro, para assumir a presidência do Tribunal no biênio 2017-2018. O novo chefe da corte de contas é o primeiro conselheiro egresso do quadro técnico do TCE a ser eleito presidente.

A visita de cortesia teve o objetivo de estreitar os laços entre as duas instituições. “Temos que discutir formas de atuação conjunta, pautadas em ações preventivas, na defesa do patrimônio público”, afirmou Luiz Gonzaga Coelho.

Rodrigo Freitas (CCOM-MPMA)

Projeto exige ordem judicial escrita para prisão de advogado

PROJETO DO DEPUTADO ALBERTO FRAGA (DEM/DF)

A Câmara dos Deputados em Brasília, analisa projeto (PL 5922/16) do deputado Alberto Fraga (DEM-DF) que determina que o advogado somente poderá ser preso mediante ordem judicial escrita, salvo em caso de crime inafiançável.

O texto altera o Estatuto da Advocacia (Lei 8906/94).

Fraga pretende estender à advocacia prerrogativa de membros do Ministério Público.

“Assim como o Ministério Público, os advogados figuram na Constituição Federal, como uma das funções essenciais à Justiça. O art. 133 da Lei Maior assevera que o advogado é indispensável à administração da justiça, desempenhando, pois, função social de inequívoca importância no Estado Democrático de Direito brasileiro. Não se justifica a assimetria de tratamento conferida aos advogados relativa às suas garantias quanto à prisão”, defendeu o parlamentar.

O projeto também garante que o advogado preso fique em sala de Estado Maior, com instalações e comodidades condignas, e, na sua falta, em prisão domiciliar.

Tramitação

O projeto, que tramita conclusivamente, será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Milhares de pessoas caem em golpe do WhatsApp

Criminosos estão se aproveitando de uma das funcionalidades mais aguardadas do WhatsApp, a chamada em vídeo, para fazer vítimas em um golpe envolvendo o recurso do aplicativo

Milhares de pessoas caem em novo golpe do WhatsApp em 1 hora

Milhares de pessoas caem em novo golpe do WhatsApp em 1 hora

Criminosos estão se aproveitando de uma das funcionalidades mais aguardadas do WhatsApp, a chamada em vídeo, para fazer vítimas em um golpe envolvendo o recurso do aplicativo.

Mais de 10 mil brasileiros caíram no golpe em apenas uma hora. A fraude, identificada pela empresa ESET, se espalhou novamente porque os usuários não checam a procedência das informações que chegam em grupos ou de amigos.

O golpe funciona da seguinte forma:  um pessoa recebe uma mensagem no aplicativo, nela há um link para a funcionalidade, dizendo que o usuário deve replicar a mensagem para seus contatos e enviar uma mensagem a SMS. Isso faz com que a vítima assine serviços pagos que serão descontados de seus créditos.

Para cancelar os serviços contratados durante o golpe, é necessário que a vítima entre em contato com sua operadora. E para realizar uma chamada em vídeo, basta entrar na conversa de um contato e clicar no ícone da câmera no canto superior direito da dela. Caso ela não apareça, atualize o aplicativo. Fonte JPONLINE